destaque


A tecnologia nunca foi tão invasiva e, entre os habitantes de nossas cinzas selvas de pedra, a ideia de viver fora da rede, com menos, esta mais popular do que nunca.

Por tudo isso, seja bem vindo a esse singelo site; juntos formamos uma pequena rede de pessoas que buscam viver cada vez mais fora do sistema. No Jardim do Mundo, falamos sobre temas que vão desde a construção com técnicas naturais até instruções para desenvolver pequenos projetos a partir de seu próprio jardim e técnicas de meditação. Hoje, nós selecionamos 5 dos benefícios mais marcantes de se libertar do sistema, fechado como ele é.

1) Menos contas, mais liberdade
Uma maneira de mover sua casa gastando pouco é utilizando energia solar, tanto para acumular energia térmica como elétrica. A energia solar é o método mais popular para rodar uma casa fora do sistema. Existe um custo único para equipamentos e nenhum compromisso mensal. Certifique-se de que você tenha baterias para armazenar a energia, já que você vai precisar de eletricidade durante a noite. A compra de todo o equipamento necessário para a energia solar pode até ser caro. Então, certifique-se planejar bem antes de caminhar para fora da rede com tranquilidade.

2) Sem tantos itens desnecessários
Reduzir os itens de sua vida pode ser difícil. Livrar-se desses itens desnecessários pode ser um desafio para muitos. Para viver fora do sistema, você não vai precisar de tantos móveis caros ou todos esses copos, pratos e talheres em seus armários. Pense em elementos essenciais para a vida e em se livrar do resto. Esses itens desnecessários vão custar-lhe espaço, tempo e recursos valiosos.

3) Hábitos simples
Compras, festas e sair para comer fora pode em acrescentar despesas e gerar desperdícios de energia preciosos para as atividades diárias de uma vida fora da rede. Certamente alguns hábitos são mais difíceis de quebrar do que outros, muito embora que as compras seja o mais relativo deles. Ao viver fora da rede, você evita centros comerciais, shoppings e lojas de departamentos e resume suas compras nos elementos mais essenciais, valorizando seu trabalho e seu dinheiro.

4) Mudanças na dieta
Vivendo fora do sistema, você poderá cultivar suas próprias frutas e legumes. Você ainda pode ir para a cidade e fazer compras de alimentos orgânicos e outros itens. Você não vai precisar sair e caçar como um sobrevivente do Discovery Channel, a menos que deseje fazê-lo. Viver fora da rede não significa ser um recluso social ou se manter longe da cidade, embora duvidemos que você vai querer ir para a cidade muitas vezes.

5) Intensa vida social
Pode mesmo parecer contraditório mas não é. Você vai perceber assim que der os primeiros passos para fora da caixa. Seu contato com as pessoas será muito mais intenso. Viver fora do sistema significa utilizar ainda mais suas habilidades inatas de sociabilidade, aumentando seu leque de recursos e consequentemente aumentando a qualidade de vida pelo caminho mais natural possível para especies de mamíferos familiares, que buscam refúgio entre membro e satisfação através de relações interpessoais.
Viver fora da rede não é apenas para eremitas solitários, mas também para famílias. Você pode projetar sua própria casa a partir de materiais incríveis. Todos podem experimentar uma vida com menos tecnologia, mesmo que por um curto período de tempo e isso será muito significativo.


Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico