destaque


A maconha na Jamaica é descriminalizada, quer dizer, ela é liberada para uso religioso e medicinal. Qualquer pessoa pode ter em casa até cinco pés de ganja. A empresária Débora é um exemplo. Ela tem problemas na coluna e usa maconha todo dia para aliviar a dor.

A lei que descriminalizou a maconha na Jamaica é recente. Entrou em vigor há pouco mais de um ano, mas a tradição de fumar a erva é antiga. Começou com os indianos que foram trabalhar no país depois que a escravidão acabou. Apesar de ser permitido o cultivo de cinco pés, a equipe do Globo Repórter conheceu plantações muito maiores.

A relação tão natural que o jamaicano tem com a maconha, o governo quer transformar em negócio. A ideia é criar indústrias de medicamentos e cosméticos à base da erva e exportar para o mundo inteiro. Na mais importante universidade jamaicana, os pesquisadores estudam os diferentes tipos de ganja que existem no país. Eles trabalham para descobrir quais dessas plantas têm mais substâncias terapêuticas e quais são mais alucinógenas.

Se na Jamaica a maconha é herança dos indianos, existem outras ervas tradicionais no país que vieram com os escravos. Fonte: Globo Repórter

Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico