destaque


Uma briga generalizada interrompeu os shows da República do Reggae entre sábado, 9, e domingo, 10, no Wet'n Wild, na avenida Paralela, em Salvador. A festa, que comemorava os 10 anos do evento, teve uma plateia de cerca de 10 mil pessoas, de acordo com a assessoria do evento.

Durante o confronto, o público entrou em pânico, o que provocou uma correria na casa de show. A confusão começou durante a participação da Daniela Mercury no show de Alpha Blondy, que gravava seu DVD no evento.

Em vídeo divulgado no Youtube, é possível ver algumas brigas e correria. Nenhum segurança ou policial militar uniformizados foram identificados nas imagens.


A mesa de som foi danificada na confusão, o que levou a interrupção por 50 minutos do evento, que foi retomado em seguida com apresentações de Israel Vibration e Adão Negro.

Não há informações do número de feridos nem o estado de saúde deles.

Ocorrência

O reportagem procurou a 82ª CIPM (CAB) para comentar o caso, mas ninguém foi encontrado. A delegada do Plantão Metropolitano, da Delegacia da Boca do Rio, Cristina Portugal, disse que nenhum registro relacionado ao tumulto foi registrado. Ela afirmou que a única ocorrência ligada à festa foi a de um policial militar (de nome não revelado) que foi autuado por porte ilegal de arma. Ele estava do lado de fora da festa. O PM pagou fiança e foi liberado. Fonte: atarde.uol.com.br

Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico