destaque


Essa é a capa de uma coletânea lançada em 2013. A primeira faixa é uma pedrada logo de cara "Slim Smith & The Freedom Singers - Mercy Mercy" de 1964. O Reggae não precisa apelar.

Esse tipo de encarte já é muito comum com músicas comerciais de outros gêneros que tem em suas letras conteúdo de apelo sexual e depreciação da mulher tornando-a apenas mais um objeto de ostentação. A música reggae é apreciada no mundo pelos seus ideias políticos, sociais, religiosos que prega a paz e o amor em sua plenitude. 

O Reggae tem qualidade musical, não precisamos de uma mulher nua estampada na capa de um disco para que ele atraia um maior publico. Uma pergunta que deixo aqui: que tipo de apreciador da música de Jah queremos, atraindo através de uma nudez explícita? Não julgue um disco pela capa, sintao peso dessa música.
Provavelmente esse disco não é oficial, deve ser mais um que reuniu ótimas música com uma capa de péssimo gosto. Disco VA - Slates, Plates & Acetates (2013)

Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico