destaque


Cada vez mais ambientado ao Botafogo, Seedorf vai, aos poucos, deixando de lado a personalidade reservada fora das quarto linhas e começa a expor algumas de suas preferências. Fã de Bob Marley, o craque comemorou o segundo gol do show que deu na vitória sobre o Cruzeiro dançando um reggae, meio tímido, mas aderido por todos do time. A atitude foi uma brincadeira com os companheiros, que não permitem que ele escute o som jamaicano no ônibus, porque a maioria prefere pagode e funk.

O camisa 10 alvinegro desconversou quando foi perguntado sobre a coreografia, nesta quinta-feira, após o treino, nos corredores do Engenhão.

“Eu não sei o que foi. Tem que perguntar para o Márcio (Azevedo)”, despistou o craque holandês.

No entanto, os companheiros, inclusive o meia Andrezinho, o mais chegado, confirmaram que ele gosta de ouvir um reggae de Bob Marley, além de ser admirador da música brasileira.

“Eu não sei o que era, fui no embalo. Quando é gol, a gente vai junto (risos)”, explicou o garoto Jadson, autor do terceiro gol, após jogada magistral do holandês.

No lance, Seedorf mostrou uma característica que também remete à Jamaica. Como se fosse Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo, que é nascido no país da América Central, o camisa 10 deu uma arrancada em que atingiu a velocidade de 30km/h. O marcador Leandro Guerreiro até desistiu de acompanhá-lo.
Fonte: odia.ig.com.br

Veja o Vídeo no globoesporte.globo.com

Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico