destaque


Saudações para geral,


Em primeiro lugar, vou esclarecer novamente uma coisa, todas as publicações feitas em meu nome, PAULA CHUVA, com o marcador 'COLUNA' (O Badtom uma vez ou outra escreve um texto lá... mas acima de cada postagem tem o nome do autor) são de inteira responsabilidade minha OK!?!  As opiniões contidas nesses textos, são minhas, então por favor não fale mal da SOMJAH, quando você não concordar com as opiniões! Me procure e expresse sua opinião.

Esclarecidos os fatos, vamos discorrer sobre algo agora que, são as 'Revoluções Pós Modernas' e os 'Queima Babilônia Contemporâneos' (Denominações minhas). 

Se você observar os ditos revolucionários dessa geração, vai perceber que vivemos em uma era de fala-se muito e pratica-se quase nada! A galera quer fazer revolução sem sair da frente do pc e do comodismo da sua poltrona, e ainda quer reclamar de algo que nem ele mesmo faz.
Observando os acontecimentos, que já vem ocorrendo há um bom tempo, andei analisando os movimentos estudantis (em especiais 2: Alunos da USP no ano passado, e a greve dos estudantes da UFMS essa semana) e alguns movimentos juvenis também (tipo as marchas da maconha). Sinceramente estou decepcionada por fazer parte de uma geração tão hipócrita e acomodada! Sabe porque o Movimento da Diversidade Sexual está conquistando tudo o que eles querem? Porque eles dão a cara para bater e vão aos milhoões para as ruas, e em todos os lugares do mundo, e nós o que fazemos? Atualizamos status de rede social e fazemos greves sem fundamento.

Eu acho é graça, estudante vai pra faculdade pra ficar fumando maconha e matando aula no barzinho e quer está fazendo greve porque está em luto pela educação?! Mas não são só essas movimentações estudantis babacas que me deixam intrigada. Mas tudo que envolve essa 'Revolução Moderna', essa 'Revolução do Comodismo', essa 'Revolução Hipócrita'...

Sim hipócrita! Sabe porque os individuos querem dizer que são contra o sistema, quando na verdade eles fazem parte do sistema. Para mim só não faz parte do sistema, aquele que planta e colhe o seu próprio alimento, não faz uso de tecnologias, etc. Se você quer falar mal do sistema, deixe de fazer parte dele, abandone os confortos e vá viver sem depender dele, dae você terá meus aplausos quando criticá-lo! Outra coisa é o termo muito usado entre nós regueiros 'Queima Babilônia', ouça bem: você bebe?? Você fuma?? Você gosta de farra?? Entre outras coisas... Então não peça para queimar a Babilônia, afinal você faz parte dela!

QUER REVOLUCIONAR? COMECE POR VOCÊ, MAS FAÇA DIREITO!

Deixe seu comentário

 
 
Pedidos Histórico